Depois de conquistarem a noite de Belém, a nova geração de drags da cidade agora chega ao teatro. É o primeiro Festival Noite Suja, que rola nesta quarta (19.04), às 20h, no Teatro Margarida Schivasappa (Centur).

“É um festival para Liz Babeth Taylor. Para Elke Maravilha. E para todas as Dandaras da rua. Para dar fim a todas as lampadadas da vida”, dizem.

No palco, 19 drags amazônidas mostrarão suas artes. E há perfis diversos, desde as mais caricatas até as super performáticas. E quem disse que mulher não pode ser drag? Elas vão jogar esse (pré) conceito no lixo.

As performers são: Pandora Rivera Raia / Fabritney AkaDella / Cílios de Nazaré / Tristan Soledade / Sarita de Gzuis / Monique Lafon / Shayra Brotero / Sid Manequim / Flöres Asträis / Black Jambú / Lady Deverô / Lady Milady / Gigi Bolero / Xirley Tão / Dom Pine / Cassandra / Condessa / Leid e Luna Skyy.

O festival conta ainda com participações musicais de Pnk Sbbth e Nanda Miranda e as participações especiais das cantoras Sammliz e Alba Maria.

Embora sejam frequentemente relacionadas a glamour, brilho, maquiagem e humor, essas artistas vão além. Hoje, ser drag tem um ato político, que discute questões de gênero e sexualidade.

“Montamos-nos para nos despir da ignorância, do repúdio, das fobias, do preconceito, da violência. Maquiamos-nos não para nos esconder, mas para dar a cara à tapa e deixar a marca na mão do outro. O salto nos tira do chão, mas pra poder olhar pra mais longe, ao horizonte das realidades”.

 

SERVIÇO

Festival Noite Suja

QUANDO: quarta (19/04)

ONDE: Teatro Margarida Schivasappa (Centur)

HORA: 20h

QUANTO: R$10 (meia-entrada para estudantes) / R$20 (inteira)

 

Comments

comments